Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Morto a ir para casa por condutor que fugiu

Morreu em Amarante, a 100 metros do local onde o irmão perdeu a vida, há 5 anos, da mesma forma.
Mónica Ferreira 22 de Fevereiro de 2017 às 08:41
Cadáver foi encontrado por populares na rua de Manhufe, em Mancelos
Norberto Ribeiro morreu aos 56 anos
Cadáver foi encontrado por populares na rua de Manhufe, em Mancelos
Norberto Ribeiro morreu aos 56 anos
Cadáver foi encontrado por populares na rua de Manhufe, em Mancelos
Norberto Ribeiro morreu aos 56 anos
Norberto Ribeiro morreu, segunda-feira à noite, na rua de Manhufe, em Mancelos, Amarante, a pouco mais de 100 metros do local onde, há cerca de 5 anos, o seu irmão perdeu a vida nas mesmas circunstâncias. Foi atropelado por um carro cujo condutor fugiu. O homem tinha estado numa mercearia, em Pidre, e ia a caminho de casa quando foi colhido. "Veio cá buscar a morte", disse ao CM Lucília Ferreira, uma das proprietárias do estabelecimento. O condutor está a ser procurado pela GNR.

"Pediu-me um copo de vinho e eu disse-lhe que não. Foi embora por volta das seis e meia, zangado comigo", recordou ao CM Rosa Queirós, outra das donas da mercearia, muito abalada. Norberto Ribeiro era presença assídua na loja. Ajudava as mulheres e estas davam-lhe de comer. Era tratado "como um filho", dizem. "Ligaram- -me a dizer que ele tinha morrido e eu chorei a noite toda", referiu Lucília Ferreira.

Após ser colhido, Norberto Ribeiro ficou caído na berma da estrada, até ser encontrado por populares - que alertaram os bombeiros.
A família da vítima lamenta a tragédia. "Foi uma grande fatalidade. O condutor devia ter- -lhe prestado socorro. Podia ser que ainda estivesse vivo", afirmou a nora, Marlene Moreira.

Norberto Ribeiro era um homem pacato e querido na freguesia. Como não trabalhava, fazia recados e ajudava quem necessitava.

A GNR de Vila Meã investiga o acidente mortal e procura agora o condutor.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)