Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Morto com a faca que usou para ameaçar

Homem de 48 anos golpeado na barriga por homicida, no Barreiro.
Miguel Curado 27 de Setembro de 2017 às 01:30
Homem de 48 anos foi morto à facada na rua Teresa Borges, no Barreiro
Homem de 48 anos foi morto à facada na rua Teresa Borges, no Barreiro
Homem de 48 anos foi morto à facada na rua Teresa Borges, no Barreiro
Homem de 48 anos foi morto à facada na rua Teresa Borges, no Barreiro
Homem de 48 anos foi morto à facada na rua Teresa Borges, no Barreiro
Homem de 48 anos foi morto à facada na rua Teresa Borges, no Barreiro
Homem de 48 anos foi morto à facada na rua Teresa Borges, no Barreiro
Homem de 48 anos foi morto à facada na rua Teresa Borges, no Barreiro
Homem de 48 anos foi morto à facada na rua Teresa Borges, no Barreiro
Um homem de 48 anos foi morto à facada, esta terça-feira de madrugada, no centro do Barreiro, por outro homem que fez uso da arma com a qual a vítima o estava a ameaçar. O homicida está em fuga e terá levado consigo a arma do crime.

O homicídio, ocorrido perto das 03h00, na rua Teresa Borges, terá tido apenas uma testemunha, que disse às forças de segurança (PSP e Polícia Judiciária) que observou a vítima do crime bastante alcoolizada e empunhando uma faca a ameaçar quem passava. A última pessoa a ser ameaçada, um homem sobre o qual ainda pouco se sabe, terá sido o autor do crime.

Num aparente confronto com o autor das ameaças, o homicida tirou-lhe a faca e golpeou-o três a quatro vezes na barriga. A PSP foi chamada, e acionou os bombeiros e o INEM.

Apesar de ter saído vivo do local, o homem acabou por morrer, horas depois, nas Urgências do hospital do Barreiro.

PORMENORES 
Poça de sangue
Horas depois do homicídio, era ainda bem visível a poça de sangue que resultou da forte hemorragia sofrida pela vítima.

Não era conhecido
Ao CM, vários moradores na zona do crime, situada próximo do tribunal do Barreiro, garantiram não conhecer a vítima, nem se a mesma residia nas proximidades.

PJ interroga
Inspetores da Polícia Judiciária de Setúbal estiveram no local do homicídio a recolher vestígios e testemunhos.
Ver comentários