Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

MOTARD MORRE NO MARÃO

Um despiste no Itinerário Principal 4 (IP4), envolvendo dois motociclistas que tinham estado ontem numa concentração em Bragança, provocou a morte a um ‘motard’ de 25 anos e ferimentos graves num segundo de 27 anos.
11 de Agosto de 2003 às 00:33
O acidente ocorreu às 18h20, no Alto de Espinho, Vila Real, quando a vítima mortal, Filipe Neto, natural de Paranhos, Porto, entrou em despiste e ao deslizar ficou entalado nos ‘raids’ de protecção da via.
Ao aperceber-se do despiste o companheiro que o precedia, Miguel Santos, residente em Santo Ildefonso, Porto, provocou a sua própria queda para não passar por cima do colega, acabou por ficar ferido com gravidade.
No local estiveram as duas corporações de bombeiros de Vila Real (Cruz Branca e Cruz Verde) que tiveram de usar material de desencarceramento dada a forma como a vítima mortal ficou presa entre os ‘raids’.
Esta concentração em Bragança ficou ensombrada com acusações dos motociclistas à actuação da PSP a quem acusam de ter usado demasiada violência sobre os ‘motards’, contrapondo os agentes da ordem de que se limitaram a repor a ordem quando alguns motociclistas "ao fazerem cavalinhos, estavam a praticar condução perigosa".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)