Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Motociclista luso-angolano morre na Tunísia

Um motociclista luso-angolano que participava numa expedição entre Luanda e Portugal para assinalar os 36 anos da independência de Angola morreu na segunda-feira num acidente na Tunísia, disse fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros.
27 de Dezembro de 2011 às 15:54
Expedição partiu de Luanda percorrendo onze países até atingir Portugal
Expedição partiu de Luanda percorrendo onze países até atingir Portugal FOTO: D.R.

A família do motociclista, de cerca de 50 anos, foi entretanto informada e o cônsul em Tunes está a tratar das formalidades para a trasladação do corpo para Portugal, o que deverá acontecer "nos próximos  dias".

A vítima participava numa expedição de onze motociclistas, a maioria dos quais luso-angolanos, que partiram a 11 de Novembro numa viagem até Portugal, passando por 11 países. Em declarações à agência Lusa na altura, o mentor da iniciativa, José Carlos Madaleno, disse que o grupo partiu para a "aventura" com o propósito de comemorar de forma diferente a independência de Angola, proclamada a 11 de Novembro de 1975.

O grupo partiu do Largo Irene Cohen, em frente ao edifício do Governo Provincial de Luanda, uma das entidades que apoia a iniciativa, que conta também com o patrocínio de várias empresas angolanas, portuguesas, bem como do Consulado Geral da Embaixada de Portugal em Angola e da Câmara Municipal do Porto entre outras entidades.

Tunísia Luanda Independência
Ver comentários