Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Motorista de autocarro desvia verba dos bilhetes

Homem apropriou-se de 5897 euros entre 2017 e 2018.
Paula Gonçalves 8 de Outubro de 2020 às 08:40
A carregar o vídeo ...
Homem apropriou-se de 5897 euros entre 2017 e 2018.
Um ex-motorista dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra vai começar a ser julgado por desviar o dinheiro da venda dos bilhetes no interior do autocarro. O homem, de 54 anos, que foi demitido em 2019 no âmbito de um processo disciplinar, apropriou-se de 5897 euros entre 2017 e 2018.

Acusado de um crime de peculato, começa hoje a ser julgado no Tribunal de Coimbra. Segundo a acusação, o então motorista tinha um prazo máximo de oito dias para entregar o valor da receita resultante da venda dos bilhetes em cada turno.

No entanto, segundo apurou a investigação da Polícia Judiciária do Centro, desde o final do ano de 2017 que não voltou a prestar contas, nem depositou qualquer quantia. O despacho refere que o arguido passava, à data dos factos, por “graves dificuldades económicas” e ainda não devolveu, segundo a acusação, as quantias de que se apropriou. 
Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra crime lei e justiça julgamentos tribunal
Ver comentários