Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

IGAI admite erro e Movimento Zero exige pedido de desculpas

Em causa está um relatório da Inspeção-Geral da Administração Interna.
M.C. 9 de Setembro de 2019 às 09:10
Movimento Zero
Movimento Zero FOTO: Lusa
O Movimento Zero, grupo que reúne agentes da PSP e da GNR, e que nasceu após a condenação de oito polícias da Amadora por agressões a moradores do bairro da Cova da Moura, emitiu este domingo um comunicado a exigir desculpas a todos os agentes da autoridade.

Em causa está um relatório da Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI), que referia a existência de dezenas de processos abertos, em 2018, por agressões de polícias a civis.

No entanto, os próprios responsáveis da IGAI admitiram ter errado, anunciando apenas uma investigação por agressões.

Por isso, o Movimento Zero pede que "se responsabilizem os autores do lapso, e que a IGAI passe a fiscalizar convenientemente".
Movimento Zero PSP GNR Cova Amadora Moura IGAI
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)