Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

MP acusa cinco arguidos por detenção e tráfico de armas

O Ministério Público deduziu acusação contra cinco arguidos pela prática de vários crimes de detenção de armas de fogo proibidas e de tráfico de armas, anunciou esta terça-feira a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).
3 de Maio de 2011 às 16:52
Actividade foi desenvolvida entre Fevereiro e início de Novembro de 2010, data da operação policial que pôs termo aos ilícitos criminais
Actividade foi desenvolvida entre Fevereiro e início de Novembro de 2010, data da operação policial que pôs termo aos ilícitos criminais FOTO: Ricardo Almeida/Arquivo CM

"Ficou indiciado que dois dos arguidos desenvolviam uma actividade criminosa de venda de armas de fogo de todos os calibres, especialmente 6.35mm, 7.65  mm e 9 mm, pistolas automáticas e semi-automáticas, revólveres, armas transformadas, etc.", refere a PGDL no seu site na Internet.  

Essa actividade foi desenvolvida entre Fevereiro e início de Novembro de 2010, data da operação policial que pôs termo aos ilícitos criminais, tendo sido apreendidas aos arguidos diversas armas de fogo e munições.  

A acusação do Ministério Público foi deduzida por despacho proferido no dia 19 de Abril passado.  

A investigação deste caso foi dirigida pela Unidade Especial contra o Crime Especialmente Violento (UECEV) do Departamento de Investigação e  Acção Penal (DIAP) de Lisboa e executada pela Polícia de Segurança Pública  (PSP).  

armas mp tráfico ministério público tráfico de armas
Ver comentários