MP arquiva processo de maus-tratos a cães

Em 2017 populares denunciaram espaço sujo, sem condições e com cães acorrentados.
Por José Eduardo Cação|15.09.18
  • partilhe
  • 6
  • +
O Ministério Público (MP) decidiu arquivar um processo-crime que envolve dois abrigos de cães, em Santo Tirso. Em causa estava uma denúncia feita no final de 2017 por vários populares, que davam conta de que os animais que se encontravam naquele espaço sofriam de maus-tratos e viviam num espaço sujo e sem condições.

Na altura, a GNR, o Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente, bem como a autoridade veterinária municipal, efetuaram diversas vistorias ao Cantinho das Quatro Patas e Abrigo de Paredes e avançou com o caso para tribunal. O MP decidiu agora arquivar o processo, por não haver sinais de crueldade.

"Apesar de não prestar as ideais condições aos animais que ali estão acolhidos, pois poderia e deveria estar mais limpo, não existe crueldade em manter animais num espaço sujo, com lixo, dejetos e mau cheiro" lê-se no despacho de arquivamento do MP.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!