Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

MP pede condenação de cinco arguidos a penas entre dois e 10 anos de prisão

Procuradora pediu condenação mais pesada para o instrutor Ricardo Rodrigues que, segundo o MP, terá colocado terra na boca do instruendo Hugo Abreu.
Lusa 7 de Maio de 2021 às 17:20
Recruta Hugo Abreu superou 15 horas dos mais exigentes exercícios físicos
Recruta Hugo Abreu superou 15 horas dos mais exigentes exercícios físicos FOTO: CMTV
O Ministério Público (MP) pediu esta sexta-feira a condenação de cinco dos 19 arguidos no processo relativo à morte de dois recrutas dos Comandos, em 2016, a penas de prisão entre dois e 10 anos.

Nas alegações finais do julgamento, a procuradora Isabel Lima pediu a condenação mais pesada para o instrutor Ricardo Rodrigues que, segundo o MP, terá colocado terra na boca do instruendo Hugo Abreu durante a "prova zero" dos Comandos, em 04 de setembro de 2016, numa altura em que este já se encontrava "muito desgastado fisicamente" pela dureza da prova.

Hugo Abreu, que na altura, segundo a acusação, já estava "tonto e a cambalear", ter-se-á engasgado e desmaiado posteriormente, com a língua enrolada, não tendo recebido o auxílio imediato e necessário, tendo-se o INEM limitado, mais tarde, a confirmar o óbito por alegado "golpe de calor".

Ver comentários