Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

MP pede julgamento de sociedade de Circo Chen

Ministério Público pede julgamento por ofensa à integridade física.
25 de Fevereiro de 2015 às 17:53
Circo Chen
Circo Chen FOTO: Sérgio Lemos

O Ministério Público requereu o julgamento de dois arguidos, envolvidos na montagem de uma bancada do Circo Chen, assim como da sociedade proprietária do circo, informou esta quarta-feira a Procuradoria-Geral Distral de Lisboa (PGDL).

Em causa está a prática de quinze crimes de ofensa à integridade física por negligência e um de infração às regras de construção, de acordo com a página da PGDL, na internet.

A PGDL acrescenta que ficou indiciado que os dois primeiros arguidos, contratados pela sociedade detentora do Circo Chen, cometeram, por negligência, erros técnicos na montagem e soldadura da estrutura da bancada do circo, provocando a derrocada desta, no início do espetáculo de dia 09 de janeiro de 2010, junto ao Parque das Nações, em Lisboa.

Como consequência da queda, 77 pessoas que se encontravam nessa bancada sofreram lesões físicas. A sociedade proprietária do circo também foi acusada judicialmente.

A investigação foi realizada pela 2.ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa.

Ministério Público Circo Lisboa Chen Parque das Nações DIAP bancada feridos
Ver comentários