Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Mulher agredida por sexagenário

Luta pela propriedade de caminho e instala clima de terror em freguesia de Valongo.
17 de Agosto de 2013 às 01:00
Moradores têm medo de dar a cara e dizem que vivem aterrorizados pelas ameaças do vizinho
Moradores têm medo de dar a cara e dizem que vivem aterrorizados pelas ameaças do vizinho FOTO: Roberto Bessa Moreira

Uma mulher de 71 anos foi agredida por um vizinho de 62, em São Martinho do Campo, Valongo, por causa da propriedade de um troço de cerca de cem metros de uma rua.

O troço serve três casas, mas um dos moradores diz que a rua é dele e que não quer lá deixar passar os vizinhos. Os habitantes do lugar temem a ocorrência de uma tragédia, uma vez que o homem, suspeito da agressão à idosa, tem ameaçado de morte toda a gente que passa no que diz ser propriedade sua.

Por medo, ninguém dá a cara para confirmar as ameaças, mas sob anonimato vários os moradores contaram que os problemas começaram há cerca de ano e meio. "Fez buracos em frente aos portões das casas utilizando uma retroescavadora", refere uma das residentes.

O objetivo seria o de impedir a passagem, mas ninguém cedeu às suas pretensões. "Ele diz que vai matar toda a gente, e as pessoas andam com medo", frisa outra moradora.

A Câmara de Valongo já foi envol- vida no caso e sinalizou o caminho como público. Porém, nos dias seguintes, as marcas foram arrancadas. "Nessa altura, a GNR foi chamada ao local e elaborou um auto que, posteriormente, seguiu para o Ministério Público", refere fonte da autarquia.

agressão sexagenária Valongo São Martinho do Campo
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)