Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Mulher amnésica apta para aviar receitas

Agenda e esferográfica sempre na mão, Cecília Pereira, de 27 anos, vai anotando tudo o que faz ao longo do dia. A jovem farmacêutica de Passos São Julião, em Braga, sofreu um aneurisma em Fevereiro do ano passado, que lhe afectou a memória. Desde essa altura, não sai de casa sozinha e recorda, vezes sem conta, os pormenores do acidente, sem se aperceber de que os contou há minutos. Ainda assim, há um mês, uma junta médica no Centro Distrital de Segurança Social de Braga considerou-a "apta para o trabalho".
12 de Julho de 2010 às 00:30
Cecília Pereira e a mãe, Glória Gomes, que está indignada com a decisão
Cecília Pereira e a mãe, Glória Gomes, que está indignada com a decisão FOTO: Fátima Vilaça

Desde esse dia, 8 de Junho, Cecília está a faltar ao serviço, sem receber qualquer subsídio, porque não se sente capaz de regressar à farmácia São Gonçalo, em Ponte de Lima. "É a minha cabeça, esta cabeça não dá para nada", começa por contar ao CM Cecília, com o olhar distante e um pouco perdido no tempo, de quem não consegue relatar acontecimentos sem ajuda de terceiros.

A mãe, Glória Gomes, que acompanha todos os passos da filha, está indignada com a decisão. "Se fosse um trabalho simples, numa fábrica, ainda se compreendia, mas o trabalho dela mexe com a saúde das pessoas", refere a mãe, ainda chocada com a decisão da Segurança Social.

A directora do Centro Distrital de Segurança Social de Braga, Maria do Carmo Antunes, diz que a avaliação dos peritos "obedece, unicamente, a critérios médicos" e visa apurar "se o cidadão sujeito à verificação está ou não temporariamente incapaz para o desempenho da actividade profissional".

APONTAMENTOS

MARIDO

Quando sofreu o aneurisma, Cecília tinha casado há três meses. O marido acompanhou-a sempre e continua com ela. Mudaram-se para a casa dos pais.

MEMÓRIA

Os factos remontam a Fevereiro de 2009. Cecília Pereira fez noite na farmácia, até às 08h00, e regressou depois do almoço. Só se lembra de chegar à farmácia.

EMPREGOS

Além do emprego na farmácia de Ponte de Lima, Cecília era responsável por cinco parafarmácias. Tinha um ritmo de vida intenso.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)