Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Mulher de férias morre afogada

Vítima de nacionalidade suíça deixou-se arrastar por corrente e não conseguiu voltar a terra com vida. Marido tentou pedir ajuda mas não foi a tempo
22 de Setembro de 2013 às 01:00
Corpo da turista suíça foi encontrado na água já sem vida pela Polícia Marítima
Corpo da turista suíça foi encontrado na água já sem vida pela Polícia Marítima FOTO: Luís Costa

As férias de um casal de turistas de nacionalidade suíça terminaram, ontem de manhã, de forma trágica. A mulher, de 65 anos, foi arrastada por uma corrente forte quando nadava na praia do Lacém, no concelho de Tavira, e acabou por não conseguir regressar a terra com vida. O marido, que também estava na água, ainda tentou chamar por ajuda, mas a companheira acabou por não sobreviver.

A tragédia ocorreu naquela pequena praia, não vigiada, acessível só de barco na maré cheia, junto a Cabanas de Tavira. Normalmente pouco frequentado, aquele foi o areal escolhido para o casal, alojado numa estância hoteleira da zona, aproveitar o último dia de verão. Numa manhã em que, de acordo com Ventura Borges, comandante da Capitania de Tavira, o mar não esteve particularmente agitado, a mulher acabaria, no entanto, por ser apanhada por uma corrente mais forte, que a afastou da costa.

O marido, em pânico, conseguiu sair do mar e gritou por ajuda, mas à sua volta não estava ninguém. Sem telemóvel, só minutos mais tarde é que o homem, desesperado, acabaria por encontrar uma jovem a correr na praia e que, com um telemóvel, conseguiu alertar os nadadores salvadores, que chegaram ao local pelas 11h25.

O alerta para a Polícia Marítima seria dado já cerca das 11h50, com os meios a chegarem ao local dez minutos depois, referiu Ventura Borges. A mulher seria encontrada, pelos meios da Marinha, mas já sem vida, por volta das 12h35.

turista suíça afogamento tavira praia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)