Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Mulher de pedófilo calou abusos a menina de 11 anos e foi detida pela PJ

Oferecia prendas à sobrinha para a manter em silêncio.
Paula Gonçalves 12 de Agosto de 2020 às 01:30
Algemas
Algemas FOTO: Getty Images
A menina tinha 11 anos quando revelou à tia os abusos sexuais de que era vítima por parte do tio quando ia passar férias com o casal a Rio Maior.

A mulher, agora com 66 anos, manteve o silêncio, nada fazendo para impedir que o marido continuasse a praticar os crimes. Os dois foram agora detidos pela Polícia Judiciária do Centro.


Os motivos que levaram a mulher a calar os crimes, cometidos durante quatro anos, ainda não estão esclarecidos, mas os inspetores admitem que alguma dependência do marido possa ter contribuído para que não os tenha denunciado.

Os abusos começaram em 2015 e prolongaram-se até finais de 2019. A criança residia com os pais na Figueira da Foz, mas passava as férias com os tios, reformados, em Rio Maior, sendo abusada quando ficava com o homem, hoje com 76 anos.

Para manter a vítima em silêncio oferecia-lhe presentes, como telemóveis, tablets e roupas. A queixa foi apresentada pela mãe da menor, que desconfiou de comportamentos estranhos. O casal ficou obrigado a apresentações às autoridades, proibido de contactar a vítima e de se deslocar à Figueira da Foz.



Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)