Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Mulher detida por bater na filha com problemas mentais

Agressora, de 51 anos, tem problemas de alcoolismo. Caso ocorreu em Monchique.
José Carlos Eusébio 25 de Agosto de 2019 às 09:48
Monchique
Justiça
Monchique
Justiça
Monchique
Justiça
Militares da GNR de Monchique detiveram, na passada sexta-feira, uma mulher por violência doméstica contra a sua filha, que terá problemas mentais.

Segundo apurou o Correio da Manhã, a mulher, de 51 anos, terá sido detetada em flagrante pela GNR a bater na filha, pelo que foi de imediato detida. A vítima, com cerca de 30 anos, acabou por ser transportada para o hospital de Portimão, onde ficou internada.

As autoridades suspeitam que os atos de violência por parte da mulher já seriam recorrentes, ao longo das últimas semanas. A alegada agressora terá problemas de alcoolismo, que poderão ter potenciado os seus comportamentos agressivos.

A detida foi apresentada este sábado ao Tribunal de Portimão para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

O CM apurou que acabou por ser restituída à liberdade, mas ficou proibida de contactos com a filha e sujeita a apresentações semanais no posto da GNR da sua área de residência. A mulher terá ainda de efetuar um tratamento devido ao alcoolismo.

Refira-se que o Algarve é a região do continente com maior taxa de incidência de crimes de violência doméstica por cada mil habitantes, segundo dados do Relatório Anual de Segurança Interna de 2018. No total, foram registadas 1406 ocorrências, no ano passado.

A taxa de incidência deste tipo de crime no distrito de Faro cifrou-se em 3,2 por mil habitantes, valor muito superior à média do continente, que foi 2,5.
GNR Monchique crime lei e justiça questões sociais crime
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)