Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Mulher engana com notas falsas

Duas pessoas enganadas de manhã e outras duas à tarde, só no Seixal. São pelo menos quatro, os casos de passagem de moeda falsa, que a PSP conhece passados na passada quinta-feira – os dois primeiros no Casal do Marco, e os últimos junto ao centro de estágios do Benfica. A suspeita é uma mulher com cerca de 30 anos. Entra nos estabelecimentos com uma nota de 50 euros falsa, com a qual paga um dos produtos mais baratos da loja. Depois, fica com o troco, e os lesados com a nota falsa. A PSP tenta agora localizá-la.
10 de Setembro de 2011 às 00:30
Eulénia Oliveira, proprietária da papelaria ‘Amigá’, no Seixal, foi enganada pela mulher. Ficou sem cerca de 100 euros. Vítima diz que burlona se apresentou bem vestida e educada. Notas foram recolhidas pela PSP, que investiga
Eulénia Oliveira, proprietária da papelaria ‘Amigá’, no Seixal, foi enganada pela mulher. Ficou sem cerca de 100 euros. Vítima diz que burlona se apresentou bem vestida e educada. Notas foram recolhidas pela PSP, que investiga

"É uma mulher alta, bem apresentada e muito educada. Pediu-me tabaco e pagou-me com uma nota de 50 euros. Depois, ainda me disse se lhe podia trocar outra nota por notas de dez euros, que eram para a mãe. Enganou-me bem. Levou-me cem euros num minuto" diz Eulénia Oliveira, proprietária da papelaria ‘Amigá', que garante que há uma cúmplice.

Antes da papelaria, Paulo Lourenço, dono da pastelaria ‘Ivan' foi também enganado pela falsária. "Comprou duas garrafas de água e pagou com 50 euros. Depois, saiu com o troco muito rápido", contou. A PSP já tem as imagens de videovigilância.

seixal notas falsas papelaria mulher videovigilância psp
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)