Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Mulher foge de casa com seis crianças

Maria da Conceição, 30 anos, saiu de casa segunda-feira, na Amadora, porque, segundo afirma ao CM, se fartou das "constantes agressões físicas" que sofria do seu companheiro de há oito anos, António Teixeira. A vítima, após ter feito queixa à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), encontra-se a viver numa casa da associação, juntamente com os filhos.
17 de Janeiro de 2009 às 00:30
António confirma agressão
António confirma agressão FOTO: Sérgio Lemos

António Teixeira, 42 anos, pai de três das seis crianças, admite estar "desesperado". "Ela já marcou encontros para eu ver os meninos, mas acaba por desmarcar em cima da hora. Já não sei o que fazer", disse, reconhecendo que "uma vez dei-lhe uma chapada". Maria da Conceição, porém, garante que foi agredida "com um taco de basebol há cerca de um mês".

De forma a conseguir ver os filhos, António Teixeira apresentou queixa no Tribunal Judicial da Amadora e na Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, que apenas lhe disseram "para aguardar".

O CM contactou a APAV, que não revela o paradeiro da mulher desaparecida "por uma questão de segurança".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)