Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Mulher grávida queixa-se de violação junto à estação

Uma mulher de 24 anos, grávida, queixou-se à PSP de ter sido violada na sexta-feira à noite depois de ter saído do comboio na estação da Reboleira, Amadora, quando se dirigia a casa. A agressão deu-se cerca das 23h30 e a vítima ficou ainda sem carteira, levada pelo agressor, que estará identificado.

4 de Junho de 2012 às 01:00
Estação da CP da Reboleira
Estação da CP da Reboleira FOTO: Diogo Pinto

O caso, apurou o CM, ainda não terá sido entregue à Polícia Judiciária, que tem competência exclusiva para investigar crimes sexuais. Quando a jovem conseguiu libertar-se do agressor fugiu em direcção ao Bingo, onde estava um agente da PSP a prestar serviço e pediu-lhe ajuda. A jovem foi levada para o hospital para receber tratamento médico. O agressor está em fuga, procurado pelas autoridades, e a vítima apresentou queixa.

VIOLAÇÃO REBOLEIRA AMADORA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)