Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Mulher morre afogada

A mulher que desapareceu, sábado à tarde, nas águas de uma praia fluvial da Azambuja, foi ontem encontrada morta, por afogamento, muito perto do local onde fora vista pela última vez. A vítima, de 21 anos, nasceu no Brasil, e vivia em Portugal há pouco mais de um ano.
25 de Julho de 2005 às 00:00
Rute Maciel (na foto pequena) desapareceu, sábado, nas águas do Tejo. O cadáver foi ontem encontrado pelos bombeiros da Azambuja
Rute Maciel (na foto pequena) desapareceu, sábado, nas águas do Tejo. O cadáver foi ontem encontrado pelos bombeiros da Azambuja FOTO: Pedro Catarino
Rute Maciel e o marido, Jandir, foram para a praia do Malagueiro no sábado de manhã. “Eu e a minha mulher fomos na companhia de dois casais amigos. Chegámos aqui pelas 10h00”, recordou ao CM Jandir Maciel.
Os seis veraneantes, todos brasileiros, pouco conheciam da praia, uma vez que era apenas a segunda vez que lá iam. No entanto, mesmo com pouco conhecimento do local, decidiram atravessar o rio em direcção a um outro banco de areia.
A maré baixa deu a Jandir, a Rute, e aos quatro amigos, “alguma segurança”. “Viémos embora pelas 15h00, quando a Rute disse estar com frio”, recorda Jandir.
No entanto, a jovem brasileira nunca conseguiu alcançar a outra margem. “Ela não sabia nadar. Deu três passos na água, e desapareceu num fundão”, lamentou o marido.
Dezenas de bombeiros da região fizeram as buscas, vindo a recuperar o cadáver de Rute Maciel pelas 14h15 de ontem, perto do local onde a jovem havia desaparecido.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)