Mulher paga 100 mil euros a menor raptada

Por noite, a menor era forçada a manter relações sexuais com cerca de 10 homens.
Por A.I.F.|16.03.19
Uma mulher foi esta sexta-feira condenada a seis anos de prisão por ter forçado uma menor, que foi raptada na Nigéria, a prostituir-se no Porto. A vítima foi resgatada em 2017 pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), quando tinha 17 anos.

O Tribunal de São João Novo, no Porto, obriga ainda a arguida, também nigeriana, a pagar 100 mil euros de indemnização à jovem.

A mulher fez um ritual de vudu e ameaçou que faria mal aos pais da menina. Por noite, a menor era forçada a manter relações sexuais com cerca de 10 homens. Foi acolhida numa instituição e conseguiu entretanto legalizar-se.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!