Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Mulher presa por violar a sobrinha de dez anos na própria casa nos Açores

Menor relatou crime a familiar, que se queixou à PJ.
Miguel Curado 18 de Junho de 2021 às 01:30
Menina
Menina FOTO: Getty Images
Uma mulher de 32 anos foi presa pela Polícia Judiciária (PJ) dos Açores por ter violado a sobrinha, de 10, na casa em que ambas residiam, na ilha de São Miguel. Fonte policial explicou ao CM que o caso decorreu dentro de um agregado familiar extenso. A menina é filha de pais divorciados e a tutela está entregue à mãe.

Ambas residem numa casa com outros familiares. O crime de abuso sexual de criança aconteceu na semana passada, com a predadora sexual, divorciada e desempregada, a aproveitar momentos a sós com a menina. Horas depois, aterrorizada e confusa, a menor expôs o caso a outro familiar, que apresentou queixa à PJ de Ponta Delgada. De imediato, uma equipa especializada na investigação de crimes sexuais pegou no caso.

A vítima prestou declarações para memória futura e todos os membros da família foram interrogados. A detenção da tia da menor ocorreu já nesta semana. A mulher, sem antecedentes criminais, não apresentou qualquer justificação para o crime cometido. Presente a tribunal ficou obrigada a afastar-se da menor, saindo da casa em que reside.
Açores PJ Polícia Judiciária São Miguel crime lei e justiça questões sociais polícia
Ver comentários