Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Mulher sem-abrigo agredida e abusada

Vítima foi agredida com violência na cabeça e alegadamente violada por um homem.
Ana Palma e Rui Pando Gomes 2 de Dezembro de 2016 às 01:45
A carregar o vídeo ...
Mulher sem-abrigo agredida e abusada
A senhora estava nua e com convulsões e havia sangue por todo o lado. Ela tinha sido agredida e violada." Foi assim que uma testemunha descreveu o estado em que encontrou uma mulher sem-abrigo, de 67 anos, na madrugada de ontem, na avenida da Liberdade, em Albufeira.

Tudo aconteceu por volta das 04h50. Segundo a testemunha, a mulher tinha-se abrigado na entrada do banco Millennium, para se proteger do frio durante a noite. "Eu tinha-a visto ali e levei-lhe uma sandes e água. Minutos depois ela foi atacada", adiantou. Na altura não havia ninguém na rua a não ser um homem que levantou suspeitas à testemunha: "Persegui-o até ao terminal velho dos autocarros e agarrei-o. Entretanto alertei a GNR e entreguei-lhe o indivíduo", revelou ainda.

A mulher, que apresentava ferimentos na cabeça, em resultado das agressões que afirma ter sofrido por parte do atacante, sangrava profusamente. Foi assistida no local por Bombeiros Voluntários de Albufeira e INEM e transportada, em estado considerado grave, com acompanhamento da Viatura Médica de Emergência e Reanimação de Albufeira (VMER), para o Hospital de Faro.

O caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária, que está a proceder a diligências para confirmar a violação. Também os indícios de que o suspeito seja o autor do crime estão a ser avaliados pelos investigadores. As imagens do sistema de videovigilância do banco serão fundamentais na investigação.
Ver comentários