Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

NAVIO USADO PARA TORTURAS ATRACA NOS AÇORES

O navio-escola chileno “Esmeralda”, usado durante o tempo do regime do ditador Augusto Pinochet para práticas de tortura infligidas aos opositores à sua política, atracou esta quarta-feira no porto de Ponta Delgada, nos Açores, envolto em acesa polémica.
30 de Julho de 2003 às 17:13
Apesar dos protestos da delegação portuguesa da Amnistia Internacional, que pretendia que o veleiro fosse impedido de entrar em águas nacionais, o presidente em exercício do governo regional dos Açores, Roberto Amaral, decidiu receber o comandante da embarcação, José Romero Aguirre.
Ponta Delgada foi o primeiro porto europeu a receber o “Esmeralda”, a bordo do qual viajam 350 cadetes. Depois dos Açores, o navio segue viagem rumo ao Brasil, seguindo depois para a Argentina, devendo regressar ao Chile dia 2 de Outubro. Uma viagem que está envolta em polémica.
A Amnistia Internacional (AI) pretende que o governo chileno reconheça os crimes cometidos a bordo do “Esmeralda”, pelo que apelaram às autoridades dos países que constam da sua rota para não permitirem que atracasse nos respectivos portos.
Reagindo à decisão do governo regional, a secção portuguesa da AI, através da voz de Teresa Nogueira, lamentou que um porto português tenha recebido o navio tendo conhecimento do pedido formulado pela organização às autoridades chilenas.
Roberto Amaral desdramatizou as acusações, alegando que aproveitou o facto de se encontrar com o comandante José Romero Aguirre para lhe fazer notar que seria bom para a nação chilena que o governo e a marinha chilenas facilitassem a realização do inquérito aos crimes supostamente ocorridos a bordo do navio.
Contactado pela rádio TSF, o comandante do “Esmeralda” recusou-se a falar dos aspectos políticos relacionados com esta polémica, limitando-se a garantir que o navio só não parou em qualquer outro porto europeu por decisão do governo chileno.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)