Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

“Ninguém nos disse”: Família revoltada ao descobrir morte de idosa

Utente do lar da Misericórdia de Ovar estava hospitalizada em coma induzido e perdeu a vida.
M.J.B. 24 de Agosto de 2020 às 09:46
Utente do lar da Misericórdia de Ovar estava hospitalizada em coma induzido e perdeu a vida
Utente do lar da Misericórdia de Ovar estava hospitalizada em coma induzido e perdeu a vida FOTO: Direitos Reservados

Belmira Rodrigues era utente do lar da Misericórdia de Ovar, estava hospitalizada, em coma induzido, e perdeu a vida, aos 74 anos, no dia 13.

"Mas ninguém nos disse que ela morreu e nós só soubemos porque ligámos para o hospital, no sábado, a perguntar como ela estava. Nem sabemos se já foi sepultada. Eu quero o corpo da minha irmã. Ela queria ficar no jazigo da filha, que já faleceu", disse ao CM Maria Bela, irmã da idosa.

"Isto é uma barbaridade. Estive com a minha tia no dia 6, no hospital, antes de voltar à Suíça e quero saber porque razão ninguém nos avisou", indicou Isolete Silva, sobrinha.

Ao CM, o provedor da Misericórdia, Álvaro Silva, diz que "há contactos da família precisamente para estes casos" e remete esclarecimentos para esta segunda-feira.



Ovar Belmira Rodrigues Misericórdia questões sociais morte morreu morta família descobre morte
Ver comentários