Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Ninguém sabe quem é Joana

A identidade da jovem que na noite da passada quarta-feira foi assassinada na rua de Grijó, no Porto, continua por desvendar. O cadáver continua sem ser reclamado e, ontem, a Polícia Judiciária fez várias diligências no sentido de identificar a rapariga, que terá entre 20 a 30 anos e dizia chamar-se Joana. As autoridades continuam a procurar pistas, verificando a informação relativa aos desaparecimentos.
27 de Junho de 2009 às 00:30
Jorge foi ouvido no Tribunal de Instrução Criminal e ficou em preventiva
Jorge foi ouvido no Tribunal de Instrução Criminal e ficou em preventiva FOTO: Sónia Caldas

Uma dessas pistas foi de que se tratava de uma jovem de Famalicão. Verificaram ao final da tarde que o dado era falso e os inspectores aguardam também que nos próximos dias algum familiar note a ausência e informe as autoridades.

A autópsia, também realizada durante a tarde de ontem, no Instituto de Medicina Legal do Porto, pouco ou nada acrescentou. Confirmou que a mulher foi morta após várias pancadas com uma pedra na cabeça. Uma tese que coincide com a informação dada pelo homicida, que confessa ter agredido a rapariga durante um acto sexual. Aquele não sabe explicar porque o fez, apenas garante que 'se passou' porque ela não se mexia.

Da jovem, o pouco que se sabe é que será toxicodependente. Era visita frequente do Bairro do Aleixo, no Porto, situado nas imediações do local onde o corpo se encontrava, e terá ido para a zona erma para se injectar.

O agressor também é toxicodependente. Não era um homem tido por violento e o único crime que tem no cadastro remonta ao início dos anos 90.

Ouvido em primeiro interrogatório, Jorge, de 38 anos, foi submetido à mais gravosa medida de coacção. Ficou em prisão preventiva e vai aguardar julgamento na cadeia de Custóias, em Matosinhos.

PORMENORES

TOXICODEPENDENTES

Vítima e agressor eram toxicodependentes. A agressão foi cometida com uma pedra, durante o acto sexual.

TESTEMUNHA ASSITIU

Uma mulher assistiu à agressão e chamou a polícia. O agressor foi rapidamente identificado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)