Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

NOTA DE 50 MIL RÉIS VAI A LEILÃO POR 4 MIL EUROS

Mais de mil lotes de excelentes peças de papéis de valor vão estar à disposição dos coleccionadores na Permuta de Verão, que na próxima sexta-feira terá lugar em Lisboa, no Hotel Holliday Inn.
29 de Junho de 2002 às 21:39
No sector das notas, vão estar patentes mais de duzentos lotes do continente e ex-colónias.

Desse conjunto, destaca-se a nota de 50 mil réis (50$000), chapa 4 de 1910, emissão do Banco de Portugal 'cancelled' que tem como base de licitação quatro mil euros. O mesmo valor de licitação tem outra nota chapa 1 de 31 de Agosto de 1920, República, de 50$00 'cancelled' em estado de conservação 'bela'.

Um conjunto de pequenas 'notas' denominadas por cédulas, emitidas pelas Câmaras Municipais, Cooperativas, Hospitais, Juntas de Freguesia, Misericórdias e Particulares durante o período de 1917/1922, normalmente de baixo valor facial para suprir a escassez de moeda de trocos metálica, existe um catálogo onde regista mais de sete mil peças editadas em Portugal.

A Permuta apresenta ainda um conjunto de 222 lotes de cédulas entre as quais se destaca uma peça datada de 1921, do Hospital Civil da Misericórdia de Mourão com o valor facial de 10 centavos. A base de licitação é de 30 euros.

A Permuta de Verão é constituída por mais de um milhar de lotes, distribuídos pelos seguintes grupos: Acções e obrigações, Letras e cheques, Papel selado e estampilhas fiscais, Recibos e outros papéis comerciais, Bilhetes de Transporte, Contribuições e impostos, Licenças, Lotarias, Conhecimentos de embarque, Apólices de seguros, Apólices do real erário, Notas e cédulas.

No sector de Papel Selado destaca-se uma carta de venda, selada com 'Sello 2.º de 80 Réis 1661' do tempo de D. Afonso VI.

É o documento mais interessante e raro da permuta, tem como base de licitação 225 euros.
Ver comentários