Nove pessoas burlaram bancos em milhões de euros

Arguidos foram acusados esta terça-feira pelo Ministério Público.
13.06.18
O Ministério Público acusou esta terça-feira nove arguidos – cinco pessoas e quatro empresas - por burla qualificada de milhões de euros a instituições bancárias, entre 2009 e 2012.

Acusados respondem por crimes de associação criminosa, burla qualificada, falsificação de documentos e branqueamento de capitais.

Engendraram esquema que permitiu obter junto de bancos quantias mediante apresentação de garantias e documentos falsos.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!