Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Novos incêndios fustigam Nisa, Ceira e Celorico da Beira

Chamas voltam a assolar os distritos da Guarda, Coimbra e Portalegre.
29 de Julho de 2017 às 14:48
Incêndio em Celorico da Beira
Incêndio em Celorico da Beira
Incêndio em Salgueirais, Celorico da Beira
Fogo em Montalvão, no concelho de Nisa
Fogo em Montalvão, no concelho de Nisa
Incêndio em Celorico da Beira
Incêndio em Celorico da Beira
Incêndio em Salgueirais, Celorico da Beira
Fogo em Montalvão, no concelho de Nisa
Fogo em Montalvão, no concelho de Nisa
Incêndio em Celorico da Beira
Incêndio em Celorico da Beira
Incêndio em Salgueirais, Celorico da Beira
Fogo em Montalvão, no concelho de Nisa
Fogo em Montalvão, no concelho de Nisa
Um incêndio florestal começou ao início da tarde deste sábado em Celorico da Beira, no distrito da Guarda. 

O fogo está a fustigar uma zona de mato em Salgueirais, de difícil acesso, com aldeias a cerca de três quilómetros de distância. 

O alerta foi dado às 13h13 deste sábado. No local estão já 61 operacionais, apoiados por 14 meios terrestres e cinco meios aéreos. 

De acordo com a informação da página da Proteção Civil, um segundo incêndio irrompeu ali perto, na fregusia de Linhares, no mesmo concelho.

Nisa volta a ser palco de incêndios
As chamas também voltaram a Nisa, concelho onde os fogos já tinham obrigado, durante a semana, à evacuação de casas e ao corte de estradas.

Segundo o site da Proteção Civil, as chamas lavram na zona de Montalvão. Pelas 15h00, estavam no local 143 bombeiros, apoiados por 35 veículos e oito meios aéreos.

Ceira é também palco de incêndio
Mais de duzentos operacionais, apoiados por dez meios aéreos, combatem um incêndio em Sobral da Ceira, concelho de Coimbra, numa zona de habitações, revelou à Lusa a fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Às 18:30, o fogo tinha duas frentes ativas e no local estavam 241 operacionais, apoiados por 62 veículos e 10 meios aéreos, não só no combate às chamas como na proteção das aldeias de Sobral da Ceira e Venda da Ceira.

A mesma fonte indicou que se desconhecia se tinha sido dada ordem para retirada de pessoas das duas aldeias.

A ANPC fez referência ainda a outros três incêndios nos distritos de Portalegre, Bragança e Viseu, totalizando - juntamente com o fogo de Sobral da Ceira - mais de 600 operacionais no terreno.
Celorico da Beira Guarda Salgueirais Nisa acidentes e desastres incêndios
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)