Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

“O que fez à menina foi muito, muito grave”

Pedófilo criou perfil falso no Facebook para conquistar menor.
Fátima Vilaça 13 de Julho de 2016 às 08:23
Tribunal de Braga condenou Jorge Silva a dez anos de cadeia pela violação, durante um ano, de uma menina de 13 anos
Tribunal de Braga condenou Jorge Silva a dez anos de cadeia pela violação, durante um ano, de uma menina de 13 anos FOTO: Eduardo Martins
"Os crimes que o senhor cometeu são violentíssimos e deixam danos irreparáveis na personalidade de uma criança. O que fez à menina foi muito, muito grave." As palavras duras foram dirigidas pelo juiz João Sousa ao homem de 58 anos condenado ontem pelo Tribunal de Braga a dez anos e três meses de cadeia por ter violado uma menina de 13 anos, de Amares, com quem ‘namorou’ virtualmente, através de um perfil falso que criou no Facebook. Jorge Silva é deficiente motor, utiliza uma cadeira de rodas para se movimentar, mas durante quase um ano coagiu a menina a atos sexuais, sob ameaça de que tornaria públicas imagens da menina despida, em poses sensuais.

Os crimes aconteceram entre setembro de 2014 e junho de 2015. Jorge Silva criou um perfil falso de Facebook, onde dizia chamar-se Tiago, um estudante de 18 anos. Conseguiu captar a atenção da menina de 13 anos, de quem era vizinho, em Amares. O ‘namoro virtual’ durou algumas semanas, período em que o arguido conseguiu convencer a menir a enviar-lhe fotografias suas completamente nua. Marcaram depois um encontro e quando a menor percebeu que tinha sido enganada, Jorge Silva forçou-a a atos sexuais, ameaçando divulgar as fotografias através da internet.

O arguido não confessou os crimes e por isso o Tribunal entendeu que não está arrependido. "Apresentou discurso desculpabilizante, o que significa que não interiorizou a gravidade dos factos", rematou o juiz.
João Sousa Tribunal de Braga Amares Jorge Silva Facebook Tribunal crime lei e justiça
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)