Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Oferece guloseimas e abusa de menina

Oferecia guloseimas à menina, de apenas cinco anos, e em outras ocasiões o pedófilo, de 65 anos, chegou também a aliciar a menor com pequenas quantias de dinheiro.
23 de Abril de 2013 às 01:00

O abusador, tal como o CM noticiou, foi anteontem surpreendido em flagrante pela avó da criança, no quarto da menina, em Vila do Conde. Fugiu, mas foi pouco depois capturado pela PJ do Porto. Foi ontem presente a tribunal, mas desconhece-se as medidas aplicadas.

O pedófilo é senhorio dos pais da menor. Dirigia-se à casa da família com bastante frequência para cobrar o pagamento das rendas. Só anteontem à tarde, quando a avó da menor surpreendeu o homem a fazer sexo oral à criança, é que a família se apercebeu do que se passava.

O relato da menor à Judiciária veio pouco depois revelar uma verdade chocante: a criança era abusada há já vários meses.

A menina não conseguiu precisar a data exata em que começaram os abusos. Contou aos inspetores que o senhorio começou a dar-lhe guloseimas e dinheiro. Tocava-lhe em várias partes do corpo e mais tarde sujeitou-a a atos sexuais. Os abusos ocorreram quer no interior da casa quer no quintal.

Os pais da menina nunca se aperceberam de nada. A mãe admitiu aos inspetores da PJ que o abusador sempre tratou a criança de uma forma carinhosa. Não o fazia com os restantes irmãos da menor. A mulher sempre pensou que tal acontecia apenas pelo facto de a menina ainda ser muito pequena.

O abusador foi preso anteontem dentro da sua casa, local para onde fugiu após ser surpreendido em flagrante. Inicialmente chegou a confessar os abusos sexuais à PJ e alegou que a menina gostava dos atos a que era sujeita. Depois, já acompanhado do seu advogado, recusou falar. n

VILA DO CONDE GULOSEIMAS ABUSOS SEXUAIS VIOLAÇÃO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)