Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

ONDA COLHE PESCADOR NA BOCA DO INFERNO

“Aquilo é muito mau, Jesus!” José António, pescador, aponta para o ‘Pesqueiro das Cordas’, na Boca do Inferno, Cascais, local onde, ao final da tarde de anteontem, uma onda levou Mário Nóbrega, enquanto pescava, fazendo-o desaparecer.
19 de Dezembro de 2003 às 00:00
“Ele estava com mais dois colegas, que tinham chegado mais cedo. Estavam cá em cima e esse rapaz é que foi lá para baixo, onde foi apanhado pelo mar”, conta José António ao CM.
Mário Nóbrega, 35 anos, era cozinheiro no restaurante ‘Quinta de Santo António’, na Malveira, e aproveitou a folga para ir à pesca.
“O Mário era um viciado naquilo, de há um ano para cá”, frisa ao nosso jornal um dos seus colegas.
O cozinheiro, pai de um rapaz de 12 anos, caiu nas ‘armadilhas’ das escarpas da Boca do Inferno.
As buscas, desenvolvidas com meios da Capitania de Cascais, bombeiros e um helicóptero da Força Aérea, não tiveram ontem resultados. Hoje, essas operações serão recomeçadas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)