Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Onda de assaltos em Vila Franca

A zona sul do concelho de Vila Franca de Xira tem vindo a ser alvo de uma onda de assaltos, denuncia Rui Rei, vereador da autarquia. A própria garagem do autarca, em Póvoa de Santa Iria, foi assaltada quatro vezes nos útimos seis meses.
27 de Setembro de 2008 às 00:30
Rui Rei, vereador da Câmara de Vila Franca de Xira, já foi vítima de assaltos na sua casa de Póvoa de St.ª Iria
Rui Rei, vereador da Câmara de Vila Franca de Xira, já foi vítima de assaltos na sua casa de Póvoa de St.ª Iria FOTO: Natália Ferraz

Alverca, Póvoa de Santa Iria, Forte da Casa e Vialonga são as zonas em que, segundo o verador da coligação PSD/CDS, a criminalidade tem vindo a aumentar desde que o policiamento passou da responsabilidade da GNR para a PSP.

"Os assaltos a bombas de gasolina, a joalharias, a jovens a caminho da escola e a idosos repetem-se e não há quem ponha mão nisto", diz Rui Rei.

Para o vereador, o número de efectivos da PSP é insuficiente, dando como exemplo o caso de Póvoa de Santa Iria, onde "existem apenas sete agentes para uma população de trinta mil habitantes."

Além disso, acrescenta, a esquadra situa-se em Alverca do Ribatejo, pelo que, em caso de alerta, a patrulha demora algum tempo a chegar. "A presidente da câmara [Maria da Luz Rosinha, do PS] diz que vão construir uma esquadra na Póvoa, mas a PSP diz que não. Não sabemos com o que contar."

"Já pedi à presidente da câmara que convocasse um Conselho Municipal de Segurança para confrontarmos as autoridades com esta situação, mas até agora não se realizou", acrescenta Rui Rei.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)