Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Ondas arrastam e matam casal

Sara Silveira, 26 anos, caiu ao mar, e António Freitas, de 28, saltou para tentar socorrê-la.
8 de Julho de 2014 às 07:40
Vítimas pescavam com familiares, anteontem à noite, no concelho da Horta, na ilha do Faial
Vítimas pescavam com familiares, anteontem à noite, no concelho da Horta, na ilha do Faial FOTO: José António Rodrigues

Um jovem casal de namorados perdeu anteontem à noite a vida quando pescava, acompanhado por familiares, no concelho da Horta, na ilha do Faial, Açores. António José Freitas, 28 anos, e a namorada, Sara Isabel Silveira, de 26, estavam numa zona piscatória, situada no porto do Salão, a fazer pesca à cana quando ela caiu ao mar, arrastada por uma onda - e ele foi atrás para a salvar. Acabaram por ser os dois levados.

Estavam acompanhados pelo pai de António e pela irmã de Sara. O tempo estava bom, mas o mar alterado. Eram 19h30 de domingo quando uma vaga de maiores dimensões fez com que Sara Silveira caísse à água. Apesar de saber nadar, a empregada de balcão começou a ser arrastada pela corrente.

Em pânico, o namorado da jovem - funcionário de uma bomba de gasolina - atirou-se à água para tentar salvar a companheira. No entanto, António nunca aprendeu a nadar, e depressa se começou a sentir em dificuldades.

Os familiares dos namorados chamaram os bombeiros, mas ambos acabaram por submergir nas águas. "Só pelas 22h40 foi possível recuperar os cadáveres", disse ao CM Álvaro de Melo, comandante dos bombeiros da Horta. António e Sara moravam em freguesias diferentes do concelho da Horta.

açores ondas matam arrastam casal
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)