Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Onze detidos e 127 impedidos de entrar em Portugal

Onze pessoas foram detidas e 127 estrangeiros foram impedidos de entrar no país entre as 00:00 de quarta-feira e as 10:00 de hoje, anunciou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).
18 de Novembro de 2010 às 14:05
Todas as fronteiras portuguesas estão a ser fiscalizadas
Todas as fronteiras portuguesas estão a ser fiscalizadas FOTO: Pedro Galego

INFOGRAFIA 'CM': Saiba como pode evitar os constrangimentos provocados pela Cimeira.

Na sequência do controlo das fronteiras portuguesas devido à Cimeira  da NATO foram controlados 82.552 cidadãos, adianta o SEF. Segundo aquele serviço de segurança, foi recusada a entrada no país, pelas fronteiras aéreas e terrestres, de 127 cidadãos estrangeiros por razões de ordem pública e segurança nacional no contexto das medidas de segurança relacionadas com a cimeira NATO.

Desde o início da operação foram detidas 11 pessoas e apreendidas cinco  armas brancas, uma arma de fogo e diverso material anti-NATO e anti-policial.

O SEF adianta que na fronteira do Caia foram efectuadas quatro detenções,  duas por posse de arma branca, uma por tráfico de estupefacientes e uma  por posse de arma proibida.  

Na fronteira de Vila Real de Santo António/Castro Marim foram detidas cinco pessoas, das quais quatro por tráfico estupefacientes e uma por condução sem habilitação.  

Outra das pessoas detidas na fronteira de Castro Marim foi um jovem de 23 anos com dois mandados de captura emanados pelo Tribunal Judicial de Portimão, que foi levado ao Estabelecimento Prisional de Faro.  

Duas pessoas foram detidas por uso de documento falso ou falsificado  na fronteira de Vila Verde de Raia/Chaves. O SEF garante que a reposição e controlo documental está "a decorrer  com normalidade, em conformidade com o planeado, tendo como principal objectivo assegurar e garantir a ordem pública e a segurança nacional durante o período  da realização da Cimeira NATO".

O controlo documental em todas as fronteiras portuguesas foi reposto entre as 00:00 de quarta-feira e sábado para garantir "a segurança interna e a manutenção da ordem pública" durante a Cimeira da NATO, que se realiza  entre sexta-feira e sábado, no Parque das Nações, em Lisboa.

SEF cimeira detenções segurança
Ver comentários