Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Operação da GNR fecha A25

Oito pessoas detidas e centenas de doses de vários estupefacientes apreendidas é o resultado da operação realizada pela GNR ontem de madrugada na A25, na estação de serviço de Vouzela, em mais uma acção contra o tráfico de droga e armas.
5 de Outubro de 2008 às 00:30
GNR fiscalizou 423 veículos que durante quatro horas passaram na A25
GNR fiscalizou 423 veículos que durante quatro horas passaram na A25 FOTO: Nuno André Ferreira

Durante quatro horas – entre as 22h00 e 02h00 –, todos os automobilistas que circularam naquela via foram obrigados a parar e fiscalizados. Cinco indivíduos foram detidos por posse e tráfico de droga, dois por condução com excesso de álcool e um camionista por ter falsificado o tacógrafo. Segundo o CM apurou, o motorista falsificou o tacógrafo digital com um íman, artefacto que fez com que não fosse possível apurar o tempo de condução nem as velocidades atingidas.

Um dos objectivos da acção policial foi o de interceptar traficantes que, segundo a fonte da GNR, "vão buscar droga ao ‘mercado’ do Porto e que depois a distribuem nas cidades do Interior". Foram apreendidas 180 doses de haxixe, seis de cocaína, 70 de heroína, duas de liamba e seis selos LSD, e ainda uma pistola.

Para o capitão José Ferreira, comandante do Destacamento da GNR de Viseu, a A25 é uma via muito utilizada "para a prática de actos ilícitos. Não vamos dar descanso aos infractores", disse o oficial da GNR.

Participouna operação uma centena de elementos das várias vertentes da GNR – NIC, BT e Fiscal –, auxiliados por cães-pisteiros e agentes do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)