Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Operário morre ao cair de telhado

Paulo Fernando, de 47 anos, trabalhava na remoção do telhado de uma empresa de cerâmica. Já tinha sido condenado por furto e tráfico de droga
22 de Setembro de 2013 às 01:00

Um homem morreu ontem num acidente de trabalho em Águeda. Paulo Cristiano Fernando, de 47 anos, caiu de um telhado e morreu a caminho do hospital. Já tinha sido condenado por furto e tráfico de droga e estava, atualmente, a cumprir trabalho comunitário.

O acidente ocorreu às 14h30, em Vale Grou, Aguada de Cima. Paulo Fernando era funcionário de uma empresa de Oliveira do Bairro. Estava, com os colegas de trabalho, a fazer a substituição do telhado da empresa Cerâmica do Alto.

Apesar de todos os trabalhadores terem os arneses e todos os equipamentos de segurança, a vítima não os estava a usar. Quando removiam o telhado, uma telha cedeu e Paulo caiu de uma altura de 15 metros. Foi socorrido pelos bombeiros e pelo INEM, que usaram ainda no local um desfibrilhador na vítima, que ainda estava viva. No entanto, não resistiu aos ferimentos e chegou cadáver ao Hospital de Águeda.

A GNR foi ao local e apurou que a vítima já tinha cadastro. Paulo estava a cumprir 300 horas de trabalho comunitário por furto no interior de automóvel. Já tinha sido condenado a 10 anos de prisão por tráfico de droga, após ser apanhado no Algarve com 3500 quilos de haxixe. Quando era jovem, deu um tiro de caçadeira, por acidente, a um menino de três anos, que morreu.

operário morte queda telhado águeda hospital
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)