Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Operário soterrado em Santa Comba Dão

Um trabalhador da construção civil, de 37 anos, morreu ontem soterrado, numa obra, devido ao desabamento de uma barreira mal escorada. O acidente ocorreu, pelas 16h20, na Avenida Sá Carneiro, em Santa Comba Dão.
28 de Novembro de 2006 às 00:00
A vítima, residente em Vila Cova à Coelheira, Seia, estava a preparar a estrutura em ferro da fundação de um prédio, a pouco mais de um metro de profundidade, quando se deu o desabamento da barreira.
Os outros trabalhadores deram de imediato o alerta para os Bombeiros Voluntários de Santa Comba Dão, cujo quartel fica a 500 metros do local.
“Fomos logo com 20 elementos e várias ambulâncias, mas o corpo estava soterrado e comprimido com o pilar em ferro que o operário estava a preparar e já nada havia a fazer para o salvar”, disse Rui Santos, comandante dos Bombeiros Voluntários de Santa Comba Dão.
“Ele era o único que estava lá em baixo, porque o outro operário com quem estava a trabalhar conseguiu fugir a tempo”, disse José Carlos Carvalho, da empresa construtora, que ficou “muito transtornado” com a morte do companheiro de trabalho.
O acidente está a ser investigado pelo Instituto de Investigação das Condições do Trabalho, que ontem enviou uma equipa técnica ao local.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)