Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Orgias com jet-set dão pena de prisão (COM VÍDEO)

Batia na mulher, humilhava-a e obrigava-a a ter sexo com desconhecidos pelo menos uma vez por semana. Esses encontros sexuais eram filmados e fotografados. Por várias vezes apontava-lhe armas e ameaçava-a de morte, caso não cumprisse as suas ordens. Os factos foram dados como provados ontem no Tribunal de Famalicão e o empresário João Ferreira foi condenado a seis anos e nove meses de prisão por violência doméstica e detenção ilegal de arma. O principal arguido do "caso das orgias" ficou ainda proibido de contactar com a ex--mulher durante cinco anos.
18 de Fevereiro de 2012 às 01:00
O arguido João Ferreira (à esquerda) à saída do tribunal com o advogado Miguel Brochado (à direita)
O arguido João Ferreira (à esquerda) à saída do tribunal com o advogado Miguel Brochado (à direita) FOTO: Manuel Vitoriano

A juiz-presidente considerou que a maioria dos factos constantes na acusação ficou provada. O tribunal teve em conta o depoimento da vítima e as fotos apreendidas em buscas da PJ - onde aquela aparecia com hematomas e em orgias com homens e mulheres.

"Aproveite este tempo na cadeia para perceber que não é Deus e que não pode tratar as pessoas como mercadoria, tal como fez com a sua mulher durante vinte anos", aconselhou a magistrada ao arguido.

CONDE NÃO FICOU SURPREENDIDO

Ao CM, Castelo Branco disse não estar surpreendido com a sentença. Quanto ao vídeo em que aparece a ter sexo com o casal de Famalicão, o ‘conde' continua a afirmar que não se lembra de nada e que foi "vítima". Na leitura do acórdão, a juíza afirmou que a presença do rei do jet-set foi desnecessária e que João Ferreira só o pediu para "ser conhecido, nem que seja pelos piores motivos". Relembre-se que o vídeo da orgia ainda pode ser visto, já que ainda não houve decisão sobre o recurso nesse sentido. n

ORGIAS JOSÉ CASTELO BRANCO empresário famalicão tribunal condenado violência
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)