Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Ourives roubados e sequestrados

Um grupo de sete encapuzados armados de caçadeiras sequestrou e agrediu um casal de ourives, de 74 anos, a quem roubou dezenas de milhares de euros em ouro, na noite de anteontem, no centro da vila de Lousada.
17 de Janeiro de 2010 às 00:30
Comerciante foi obrigado a abrir a loja e o cofre, antes de ser abandonado na ourivesaria, em Lousada. A GNR foi chamada e a PJ já investiga
Comerciante foi obrigado a abrir a loja e o cofre, antes de ser abandonado na ourivesaria, em Lousada. A GNR foi chamada e a PJ já investiga FOTO: Alexandre Panda

Ramiro Gomes e a mulher regressavam a casa a pé, após terem estado no velório de um amigo da família, quando cerca das 23h30 foram abordados por alguns dos assaltantes.

Os dois comerciantes foram então empurrados para o interior da carrinha – Citroën Jumper – dos ladrões, onde se encontravam os restantes cúmplices. Durante cerca de meia hora, conduziram pelas ruas de Lousada, até pararem junto à ourivesaria Neto.

Aí obrigaram Ramiro Gomes a abrir a porta da loja e a dar o código de abertura do cofre, onde se encontrava uma grande quantidade de ouro. Ramiro ainda tentou resistir, mas foi agredido com um golpe de coronha na cabeça. Depois de terem esvaziado o cofre, os ladrões abandonaram o ourives ensanguentado na loja.

A mulher – que foi mantida na viatura – seria abandonada numa rua de Lousada, poucos minutos depois dos assaltantes terem fugido da ourivesaria. A PJ investiga. 

VIDEOVIGILÂNCIA PODERÁ AJUDAR

Algumas ruas da cidade de Lousada estão equipadas com câmaras de videovigilância, propriedade da Câmara Municipal. Ontem, a Polícia Judiciária recolheu essas imagens que poderão ajudar na investigação do assalto.

As autoridades acreditam que o crime foi planeado ao pormenor. Os encapuzados deverão ter seguido o casal de ourives desde o velório e atacaram quando o casal já se encontrava perto de casa.

"Eles estão assustados. Nunca tinham passado por uma situação destas. O prejuízo será de dezenas de milhares de euros", explicou uma familiar das vítimas ao CM.

PORMENORES

LOJA CENTENÁRIA

A ourivesaria Neto foi aberta em 1854 – é uma das mais antigas da região – e nunca tinha sido assaltada.

RUA MOVIMENTADA

A rua onde se situa a ourivesaria é bastante movimentada durante a noite. Um grupo de jovens ainda viu dois encapuzados saírem da ourivesaria e arrancarem na carrinha a grande velocidade.

ASSISTÊNCIA MÉDICA

Ainda em choque, Ramiro apenas procurou assistência hospitalar na tarde de ontem.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)