Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

Padre a contas com a população

O bispo de Leiria-Fátima, D. Serafim Ferreira, foi chamado a pacificar a povoação de Carnide, Pombal, onde o padre e alguns fiéis estão em ‘guerra’ por causa das contas da paróquia.
19 de Março de 2005 às 00:00
O caso é de tal forma grave que a população está dividida e anteontem à noite o padre Manuel Pina Pedro precisou da GNR para escapar à revolta dos contestatários, que o confrontaram à saída da igreja.
“Se não fossem as autoridades tinham chegado a vias de facto”, assegurou um morador. O padre esteve mais de uma hora retido no seu automóvel, cercado por 150 pessoas. Só deixou o local após a chegada da GNR e não dormiu na residência paroquial, ao contrário do que é hábito.
Antigo militar da Brigada de Trânsito, tal como o irmão gémeo, ordenado no mesmo dia, Manuel Pina Pedro está há cinco anos em Carnide e nunca teve vida fácil.
Após vários diferendos, incompatibilizou-se com o conselho económico da paróquia e numa das homilias deste mês insinuou mesmo o desaparecimento de 20 mil euros.
“Ele lançou suspeitas de desvio de dinheiro e aí é que o povo se irritou porque sabe que é mentira”, disse ontem o presidente da Junta de Freguesia, Eusébio Rodrigues, que acha acertado substituir o sacerdote.
Manuel Pina Pedro queria obras na igreja, que estão por fazer. E foi contra a construção de um parque de estacionamento, aberto em Agosto e em parte pago pela paróquia.
Um dos membros do conselho económico, Francisco Carreira, assegurou que as contas estão legais, o dinheiro foi usado no parque de estacionamento, e o órgão vai continuar em funções.
O CM tentou ouvir o padre Manuel Pedro, mas foi impossível. Ouviu, contudo, vários habitantes que o apoiam. O bispo de Leiria-Fátima vai insistir na reconciliação.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)