Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Padre atacado na procissão (COM VÍDEO)

O padre de Serpa esteve ontem à beira de ser sovado por algumas das centenas de pessoas que participavam na procissão em honra de Nossa Senhora de Guadalupe. A revolta dos fiéis iniciou-se quando se aperceberam que faltava a imagem de Nossa Senhora da Conceição. A ira só não acabou em tragédia devido à intervenção da GNR. Mas ainda levou os populares a empurrar e a ameaçar o padre dentro da igreja, para poderem resgatar a santa.
6 de Abril de 2010 às 00:30
Por não querer levar a imagem de N. Sra. da Conceição, o padre José Pereira foi vaiado e empurrado. A GNR teve de intervir
Por não querer levar a imagem de N. Sra. da Conceição, o padre José Pereira foi vaiado e empurrado. A GNR teve de intervir FOTO: Alexandre M. Silva

'As pessoas ficaram revoltadas com a atitude do padre, quando fechou a santa na igreja para levar apenas a de Nossa Senhora da Guadalupe', disse um dos populares.

Apesar da resistência do padre, José Alberto Pereira, que está na paróquia de Serpa há um ano, o povo conseguiu levar Nossa Senhora da Conceição a percorrer as ruas da cidade alentejana, mas sem recurso ao andor.

'Foi levada em braços. Para nós não foi nenhum sacrifício, mas o cumprir da tradição', frisou uma crente, que confidenciou a existência de uma má relação entre os fiéis e o pároco. Do início ao fim do cortejo, foram muitas as injúrias e vaias dirigidas ao padre. Um clima de tensão que obrigou os militares da GNR a garantir a segurança durante a procissão e em redor da igreja. 'Não foi apresentada nenhuma queixa', garantiu o major Candeias, da GNR de Beja.

O CM contactou o padre José Alberto, que, através de uma amiga, informou que não prestava declarações por estar a descansar.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)