Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Padre mantém acusações de abusos sexuais

Depois de terem chegado a acordo, o ex-pároco de Canelas diz que esse não passou por um "pedido de desculpa".
Aureliana Gomes 24 de Janeiro de 2018 às 19:57
Padre Roberto Carlos Sousa é acusado de ter difamado o padre Abel Maia
Padre Abel Maia
Padre Abel Maia (ao centro, de óculos e cachecol) e padre Roberto Sousa (atrás, de barba)
Padre Roberto Carlos Sousa é acusado de ter difamado o padre Abel Maia
Padre Abel Maia
Padre Abel Maia (ao centro, de óculos e cachecol) e padre Roberto Sousa (atrás, de barba)
Padre Roberto Carlos Sousa é acusado de ter difamado o padre Abel Maia
Padre Abel Maia
Padre Abel Maia (ao centro, de óculos e cachecol) e padre Roberto Sousa (atrás, de barba)
O Padre Roberto Sousa afirmou, esta quarta-feira, em conferência de imprensa, que o que escreveu em 2014 ao Bispo do Porto sobre um alegado caso de abusos sexuais de menores por parte do padre Abel Maia é verdade e que não pediu desculpas em tribunal, na passada segunda-feira.

Depois de terem chegado a acordo, o ex-pároco de Canelas, Vila Nova de Gaia, diz que esse não passou por um "pedido de desculpa", como foi dito à saída do tribunal pelo colega, mas sim por uma "manifestação de solidariedade".

"Foi por iniciativa deles que decidiram retirar a queixa, mas deixei claro que não pedia desculpa porque não mudo uma vírgula do que escrevi ao bispo em 2014", disse.

De resto, o padre Roberto Sousa vai mais longe e acusa o padre Abel Maia de "oportunismo". "Houve oportunismo ele foi desonesto porque o combinado entre as partes era que nem ele nem eu falaríamos. Ele mentiu porque subverteu os factos. A justiça faz-se no tribunal e não na praça pública", disse o pároco.

Contactado pelo CM, o advogado do padre Abel Maia, Nelson Domingues, diz que não serão prestadas declarações até à publicação na Comunicação Social do acordo entre as partes
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)