Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Padre pode continuar na igreja (COM VÍDEO)

"Pistoleiro, Pistoleiro!" Esta foi ontem a palavra mais ouvida na altura em que o padre Fernando Guerra, suspeito de posse ilegal de armas, entrou no Tribunal de Boticas, em Chaves, para ser interrogado pelo juiz. À porta, quase cem pessoas aguardavam a chegada do pároco de Covas de Barroso, que, pelas 14h00, chegou sob forte aparato policial, com um sorriso no rosto. "Ainda se vem a rir, como se não tivesse feito nada. É um criminoso", gritava um popular.
27 de Outubro de 2009 às 00:30
Padre foi a tribunal com enorme aparato da GNR
Padre foi a tribunal com enorme aparato da GNR FOTO: Rui Oliveira

No seio da população, as opiniões dividiam-se entre os que diziam que, se tinha armas em casa, era 'lá com ele' e os que afirmavam que se ele voltar à paróquia não põem 'tão cedo os pés na igreja'.

O bispo de Vila Real, D. Joaquim Gonçalves, assegura que o sacerdote, libertado mediante a obrigação de se apresentar regularmente às autoridades e não manusear armas, mantém o lugar de pároco de Covas do Barroso. 'No meu entender tem a ver com questões de caça. Como se sabe, há muitos padres caçadores e é provável que ele tivesse algumas armas para fornecimento de amigos', justifica o bispo.

O pároco de Covas de Barroso foi interrogado durante várias horas. Juntamente com o sacerdote foram ouvidos mais dois arguidos, sendo que um quarto não compareceu por estar doente. Aos três, o juiz aplicou idêntica medida de coacção. As armas mantém-se todas apreendidas.

'LIMPAVA ARMAS EM FRENTE ÀS CRIANÇAS'

Fernando chegou a dar aulas de Educação Moral numa escola em Boticas. Já nessa altura o seu gosto pelas armas eram conhecido. 'Durante as aulas , limpava as armas em frente ao alunos, as crianças ficavam cheias de medo', afirmou Xavier Barreto, presidente da Junta de Freguesia de Dornelas. Xavier foi, aliás, um dos mentores do abaixo--assinado que expulsou o padre da aldeia. 'Toda a gente assinou para ele ir embora. Não se comportava como um padre, era agressivo e muito ganancioso', contou ao CM. O padre também já foi acusado de agressão a um sacristão.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)