Paga multa por enterrar marido em Celorico da Beira

Escocesa punida com 790 € por profanação de cadáver.
Por Paula Gonçalves|10.03.18
A mulher escocesa, de 52 anos, que enterrou o cadáver do marido, morto de causas naturais, numa quinta de Linhares da Beira foi condenada numa pena de multa de 790 euros pelo Tribunal de Celorico da Beira. A professora no desemprego foi punida por um crime de profanação de cadáver, ou de lugar fúnebre, ocorrido a 8 de dezembro de 2016.

A mulher foi detida pela Polícia Judiciária a 9 de fevereiro, tendo sido libertada dois dias depois pelo juiz de instrução. Descontando estes dois dias, a pena foi fixada em 158 dias de multa à taxa diária de cinco euros. Se a pena de multa não for cumprida, será convertida em 105 dias de prisão.

A advogada de defesa da arguida, Andreia Fonseca, disse ontem à agência Lusa que vai recorrer desta decisão.


pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De !10.03.18
    De certo ficava lhe mais barato pagar a multa do que pagar um recurso
1 Comentário
  • De !10.03.18
    De certo ficava lhe mais barato pagar a multa do que pagar um recurso
    Responder
     
     0
    !