Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Pagamento a polícias por gratificados na Taça da Liga de Futsal teve atraso

Situação só ficou resolvida após o CM ter questionado a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).
Miguel Curado 9 de Março de 2020 às 08:40
PSP
PSP FOTO: Inês Gomes Lourenço
O pagamento a 87 polícias, da Divisão de Matosinhos da PSP, que tinham a receber 16 mil euros relativos ao policiamento gratificado da Taça da Liga de futsal, disputada em janeiro no pavilhão dos congressos daquela cidade, esteve atrasado e só foi resolvido após o CM ter questionado a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

A denúncia da dívida foi feita ao CM pelo Sindicato Independente de Agentes da PSP (SIAP). Segundo esta estrutura, o pagamento dos 16 mil euros devia ter sido efetuado nos salários de fevereiro, mas não o foi.

O CM contactou a FPF, entidade requisitante do policiamento, e fonte oficial desse organismo disse desconhecer que a verba estava por pagar. No entanto, após contacto com a direção nacional da PSP, a FPF verificou que nunca terá recebido as faturas de cobrança emitidas pela polícia.

Assim, após as questões do CM, FPF e Polícia acordaram a existência da dívida e a mesma já foi, segundo ambas as entidades, devidamente saldada aos polícias credores.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)