Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Pagou portagem mas foi multado

Cláudio Paiva, morador em Gambelas, Faro, culpa os CTT por uma multa de falta do pagamento de portagens na A22. O homem, de 50 anos, conta que transferiu "dinheiro a mais para pagar a portagem, e o sistema automático dos CTT não lhe deu seguimento, nem avisou da irregularidade".
18 de Novembro de 2012 às 01:00
Cláudio Paiva assegura que não recebeu qualquer mensagem dos CTT a informá-lo do erro
Cláudio Paiva assegura que não recebeu qualquer mensagem dos CTT a informá-lo do erro FOTO: Luís Costa

Cláudio Paiva utilizou a A22 dias 19 e 20 de Julho e solicitou depois dados para pagamento da portagem por um serviço de SMS dos CTT. "Por lapso, juntei as taxas indicadas pelos CTT a um valor que já era o total", explica Cláudio Paiva. E pagou a mais,

Só passados três meses, soube do erro, quando a Vialivre lhe exigiu 17,47 euros, em vez dos anteriores 11,20, mais 6,27 euros pelo atraso. "Os CTT não me avisaram da falha, não pagaram o serviço e ficaram em silêncio com o meu dinheiro todo este tempo", protesta.

Ao CM, Fernando Marante, dos CTT confirmou que o pagamento à Vialivre não foi feito, pois o serviço automático só aceita a quantia exacta. Além disso, garante, "há algum tempo foi introduzida uma funcionalidade no sistema que permite que, em caso de irregularidade no pagamento, o utilizador receba uma mensagem a notificá-lo". Cláudio Paiva assegura que nunca recebeu qualquer mensagem dos CTT.

CTT MULTA ALGARVE PAGAMENTO
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)