Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Pais boicotam aulas em Mirandela

Os pais das crianças da escola primária de Cachão, em Mirandela, boicotaram esta terça-feira as aulas em protesto contra os atrasos das obras no estabelecimento de ensino que, segundo, estes está a condicionar as actividades lectivas.
6 de Março de 2007 às 11:31
O presidente da Câmara Municpal de Mirandela, José Silvano, assume as responsabilidades da autarquia nos atrasos e promete que as obras vão estar concluídas depois da Páscoa. De acordo com José Silvano, o estabelecimento de ensino, com cerca de 30 alunos, é o que tem maior número de crianças entre os estabelecimentos rurais do concelho transmontano. As obras na escola começaram no início do ano lectivo e, segundo os prazos iniciais, deveriam estar concluídas até ao Natal de 2006.
De acordo com os encarregados de educação as crianças continuam a ter aulas em duas salas noutras instalações, o que obriga a dividir as turmas pelos períodos da manhã e da tarde e falta de espaço é um dos problemas que urge ser resolvido já que impede também a realização de actividades complementares. Neste caso, o presidente da autarquia rejeita as críticas salientando que existe a possibilidade de frequentar aulas de Inglês e de Educação Física deslocando-se à sede do concelho.
Os pais prometem novos protestos se depois da Páscoa a obras não estiverem concluídas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)