Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

PANCADARIA E TIRO EM DISCUSSÃO DE TRÂNSITO

Um desentendimento de trânsito provocou uma cena de pancadaria e o disparo de um tiro de pistola que causou ferimentos num jovem de 20 anos. O incidente ocorreu ao final da tarde de anteontem em Deocriste, Viana do Castelo, envolvendo um industrial e nove trabalhadores de uma empresa de construção civil que seguiam numa carrinha.
20 de Agosto de 2004 às 00:00
Populares em redor da viatura do alegado autor do disparo
Populares em redor da viatura do alegado autor do disparo FOTO: Rui Filipe Moreira
As duas partes apresentam versões contraditórias sobre os acontecimentos, que culminaram com a intervenção da GNR de Barroselas, perante a concentração de populares, a ter de garantir a segurança do industrial.
O autor do disparo garante que, quando parou atrás de um camião para virar à esquerda, na direcção da Portucel, foi insultado e viu o seu carro ser pontapeado por indivíduos da carrinha que havia ultrapassado antes. "Saí do carro e fui reclamar, quando saíram os nove indivíduos e me agrediram e destruíram o carro com paralelos. Até que consegui pegar na pistola e fazer um disparo para me defender e para os intimidar", justificou-se o industrial, que recebeu assistência hospitalar devido a vários hematomas.
Por seu turno, os jovens da carrinha garantem que apenas protestaram com o industrial, fazendo gestos de reclamação do interior da carrinha. "Ele é que saiu do carro com uma pistola em punho e nós saímos todos e demos em cima dele", afirmou Miguel Ramos, o condutor e patrão do jovem que sofreu um tiro na perna e já recebeu alta.
Ver comentários