Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Pânico em ourivesaria

Dois ladrões encapuzados e armados com uma pistola de plástico assaltaram anteontem de manhã uma ourivesaria em Coina, Barreiro. O dono e um cliente foram agredidos e hospitalizados, tendo os assaltantes pegado fogo ao carro usado na fuga.
22 de Agosto de 2010 às 00:30
Alberto Antoninho, 56 anos, atirou com tabuleiro à cabeça de ladrão
Alberto Antoninho, 56 anos, atirou com tabuleiro à cabeça de ladrão FOTO: direitos reservados

O assalto ocorreu pelas 09h30 de sexta-feira. "Estava a mudar a pilha ao relógio de um cliente (de 76 anos), quando entram dois encapuzados e armados com uma pistola", disse ao CM Alberto Antoninho, 56 anos, dono da ourivesaria Antoninho, sita na rua D. Manuel I, em Coina. O comerciante reagiu de pronto, atirando um tabuleiro com fios de ouro à cabeça do ladrão armado.

Em resposta, os dois encapuzados agrediram o comerciante e o cliente. No meio da confusão, a dupla apoderou-se de inúmeros artigos em ouro e prata. "O que estava armado deixou cair a pistola que tinha na mão. Peguei nela quando eles iam a fugir e ainda carreguei no gatilho, mas vi logo que era uma arma de plástico", acrescentou Alberto Antoninho.

Na fuga de automóvel, os ladrões ainda se cruzaram com a GNR de Santo António da Charneca. A dupla de encapuzados abandonou a viatura em que seguia na zona de Covas de Coina, incendiando o veículo. À sua espera tinham outro carro onde fugiram. A Polícia Judiciária de Setúbal investiga.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)