Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Pânico em restaurante

Três encapuzados espalharam o terror nos clientes do Restaurante Crep’s Food, em Canedo, Santa Maria da Feira, quando sábado à noite irromperam pelo estabelecimento, empunhando um revólver para tentar roubar a caixa registadora. Só não o conseguiram, porque se terão assustado com tantos clientes. "Se calhar foi a nossa sorte", afirma Marco Ribas, filho do proprietário.
13 de Janeiro de 2009 às 00:30
Os comerciantes dizem que estão assustados com tantos assaltos
Os comerciantes dizem que estão assustados com tantos assaltos FOTO: Francisco Manuel

O assalto ocorreu cerca das 23h40, quase no final de um jantar de aniversário. Quando ninguém esperava, os assaltantes, com a cara tapada por capuzes, abriram as portas e apontaram a pistola: "Isto é um assalto. Ninguém se mexe. Queremos o dinheiro e rápido." O proprietário, que estava junto à caixa registadora, resistiu e evitou o roubo. O ladrão fugiu com os cúmplices num Peugeot cinzento. "Ficámos assustados. Foi tudo muito rápido e quase nem tivemos tempo para tomar consciência do que estava a acontecer. Só alguns segundos depois conseguimos perceber que se tratava mesmo de um assalto", continuou Marco Ribas.

Este é o segundo assalto à mão armada no centro da freguesia e os populares – pouco habituados a este tipo de violência – começam a ficar assustados.

Dorinda Costa, proprietária da papelaria Central, foi assaltada no dia 26 de Dezembro por três encapuzados armados que lhe arrancaram a caixa registadora, com cerca de 400 euros. No sábado, a vítima foi informada de que os assaltantes tinham sido apanhados pela GNR dos Carvalhos. "Tenho medo", afirma a proprietária da papelaria, que garante ser aquele o sentimento de outros comerciantes.

Ver comentários